Convenção Secovi destaca a força econômica do interior de São Paulo

 

Na abertura, o vice-presidente do Interior do Secovi-SP e diretor regional, Frederico Marcondes César, destacou números que mostram a força econômica e o enorme potencial das diversas regiões. Segundo dados de 2014 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e do Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados), o PIB (Produto Interno Bruto) do Interior responde por 66% das riquezas do Estado, enquanto a capital paulista participa com 34%.

Em números absolutos: R$ 1,230 bilhão do Interior contra R$ 628 milhões da Capital. “O interior paulista produz mais riquezas que os Estados do Sul juntos”, disse Marcondes César. A importância da demanda habitacional da região foi reforçada por outros números que demonstram o potencial de crescimento do Interior.

De acordo com levantamento Seade/IBGE, houve um acréscimo de 4,7 milhões de novos domicílios entre 1991 e 2015, quantidade superior à da Capital (1,31 milhão).

Além disso, de 1980 a 2016, a população do interior paulista praticamente dobrou de tamanho (16,5 milhões para 31,7 milhões), enquanto na cidade de São Paulo o aumento foi de 37% (8,5 milhões para 11,6 milhões).Entre os demais atrativos do Interior, também foram mencionados fatores como: menor custo de vida, inclusive para aquisição de imóveis, locação, alimentação; melhor qualidade de vida em relação à segurança e mobilidade urbana; mão de obra especializada com alta oferta de  universidades e parques industriais de alta tecnologia; fácil acesso às principais rodovias, portos e ferrovias do Estado; entre outros.

“As cidades do interior paulista possuem um potencial enorme de crescimento. Pelos Estudos de Mercado que acompanhamos, temos estoques de imóveis suficientes para os próximos dois anos. Como não estão sendo ofertados novos produtos, poderemos sentir falta de imóveis no mercado em breve, assim que a recuperação econômica estiver efetivada. Portanto, é o momento de tirar os projetos da gaveta e seguir em frente”, pontuou o vice-presidente.

Após a apresentação dos dados, os diretores Regionais do Secovi também participaram de uma rodada de debates sobre o panorama do mercado imobiliário em cada cidade, destacando cases de sucesso e os principais desafios no Interior.

 

Guia Você Busca – Impresso – Pág. 22.

Edição 67 – Ano 6 – 2017 – Vale do Paraíba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado