Viés populista ameaça FGTS

Causa preocupação que alguns candidatos à Presidência prometam mudar a sistemática de operação dos depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, dando liberdade aos cotistas de realizarem os investimentos que bem entenderem.

Ocorre que, graças ao atual sistema, os recursos do FGTS são amplamente acessíveis para financiar a habitação popular. Além disso, os cotistas já começaram a receber como compensação parte dos lucros dos investimentos do fundo.

Enquanto isso, prosseguem as tentativas populistas de parlamentares, de elevar a remuneração dos depósitos do Fundo de Garantia ou de desviar os recursos para outras finalidades que não o financiamento à habitação e ao saneamento básico.
Se bem sucedidas, estas iniciativas acabarão com esses financiamentos, provocando retrocesso na oferta  de moradias populares e prejuízos à saúde da população mais carente.

Uma solução de mercadoria para o financiamento da habitação popular e do saneamento apenas seria possível se houvesse crescimento econômico sustentado, substancial elevação da renda e inflação e juros de 1◦ Mundo.
Enquanto isso não ocorre, é preciso preservar a sistemática do FGTS

Fonte: SindusCon/SP ( Janela Nº 1111).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado