Caixa vai avaliar se cliente pode pagar água e luz para conceder ‘Minha Casa’

Com 70 mil imóveis devolvidos, outros 80 mil com obras suspensas no Minha Casa, Minha Vida (MCMV), a Caixa Econômica Federal registrou R$ 2,8 bilhões em inadimplência no programa no último trimestre do ano passado.

O presidente Pedro Guimarães afirma que o banco levará bons pagadores para as faixas do MCMV mais atrativas para as operações de crédito da Caixa.

O banco vai passar a avaliar se o interessado pode pagar contas de água e luz antes de conceder o financiamento imobiliário. O presidente da Caixa destaca que isso não era feito anteriormente e que a avaliação de risco de inadimplência dos clientes não considerava os gastos dos moradores com taxa de condomínio e outras contas relacionadas com o imóvel, como água e luz.

Informações: www.caixa.gov.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado